sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Será que os jovens estão protegidos no mundo virtual?

Ao mesmo tempo em que cresce o número de jovens nas redes sociais, aumenta o risco a que eles se expõem no mundo virtual. Em um estudo recente  da McAfee, foi constatado que quase metade dos adolescentes brasileiros entre 13 e 17 anos publica sua localização em perfis de redes sociais. Além de curioso, o dado é alarmante.
"Temos inúmeros jovens que constantemente vem sendo lesados por conta da sua própria imprudência, por ter cadastrado um telefone na internet ou falar onde frequentava, e com essas informações hoje o criminoso digital pode aplicar um golpe", explica José Milagre, consultor em segurança.
Ainda de acordo com a mesma pesquisa, hoje 80% dos jovens fazem parte de alguma rede social; quando não de várias delas. Assim, muitos deles passam mais tempo na frente do computador do que fazendo qualquer outra coisa. A maioria usa a web de seis a sete dias por semana. Segundo José, a internet é como as ruas, não é preciso deixar de sair às ruas, mas tem que entender que há perigo. "Os pais precisam de um alerta: o filha que está o dia todo no computador não está seguro. Os riscos que a internet nos oferece é muito maior que os riscos físicos", conta.
O problema é que muita gente ainda tem aquela velha mentalidade que os problemas sempre acontecem com os outros... E é aí que mora o perigo. Gente mal-intencionada nem tem muito trabalho para preparar um ataque. As informações estão todas ali: a localização em tempo real, número de telefone, endereço, nome da escola, fotos, ou seja, porta aberta para problemas. "Para o criminoso digital o simples fato de ele saber que você está online é muito útil. Então, os jovens devem ter cuidado até em que eles aceitam no messenger, por exemplo. Porque quando você está online que eles fazem o footprint que é o levantamento dos dados do criminoso digital", diz o consultor. Ele ainda conta que existem inúmeros casos de jovens que disseram que estavam no shopping e foram sequestrados ou casos em que eles contaram que a família iria viajar e os criminosos assaltaram as casas.
Especialmente o pessoal mais jovem está super familiarizado com o mundo da tecnologia, mas, às vezes, essa facilidade de está acompanhada de ingenuidade e imprudência. "Não adianta guarda-costas virtual, supervisor de conteúdo, qualquer programa pro filho não acessar. Lembre-se que seu filho nasceu na tecnologia, ele é geração Y, e ele vai saber burlar isso facilmente. A dica é: converse com seu filho, marque presença e exponha os riscos que a rede tem. E principalmente, navegue junto com ele, adicione ele nas comunidades sociais e faça ele perceber que você conhece por onde ele navega", alerta.
Preste atenção em tudo. Até as fotos que você compartilha na rede merecem cuidado. O melhor mesmo é ficar esperto na hora de publicar informações pessoais na Web. Não se exponha à toa. No olhardigital.com.br você encontra diversas matérias relacionadas à segurança e privacidade nas redes sociais. Acesse, mantenha-se informado e seguro, sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...