domingo, 21 de novembro de 2010

O poder do elogio

Já vi textos relacionados a esse assunto publicados em vários tipos de mídias, de vários autores diferentes, na faculdade e em livros. Mas, o que realmente me mostrou o verdadeiro poder do elogio foi o caso abaixo.
Na mesma sala em que trabalho, existe um departamento que tem suas atividades intimamente ligadas aos departamentos operacionais da empresa e, sendo assim, todos os seus fornecedores são colaboradores de outros departamentos.
Na minha empresa é sempre difícil conseguir que uma pessoa faça algo, se você não for um cliente externo ou alguém que esteja um degrau acima na hierarquia. Entretanto, um dos profissionais que trabalha nesse departamento que eu citei é diferente, seu nome é "Alex". Ele sempre consegue tudo o que quer e sempre é o mais produtivo de seu departamento. Percebendo isso, decidi tentar entender qual era seu segredo milagroso e observar, qual era sua estratégia de abordagem quando ia pedir algo para um de nossos colegas de trabalho.
Fazendo esta tarefa de "observação", curiosamente não percebi qualquer diferencial. Ele apenas chegava à pessoa, pedia ou mandava um e-mail e a tarefa saia numa boa. Eu ficava impressionado, pois apesar de ser bastante simpático, a princípio ele não fazia nada de diferente. Já situações semelhantes, envolvendo outras pessoas, tinham um desfecho totalmente diferente.
Foi quando certo dia eu tomava meu café da manhã e o vi chegando ao refeitório, com seu costumeiro bom humor. Foi, quando, percebi algo que me chamou a atenção. Alex chegou e já na fila começou a conversar com uma de nossas secretárias e a elogiou, ao falar sobre um trabalho que ela tinha feito para ele. Ele afirmou que a atividade dela tinha ficado muito boa. Comentou que ela era muito competente e que não poderia encontrar alguém que fizesse aquele trabalho tão bem feito. Alex fazia questão de falar na frente dos outros e, fazendo a maior farra, deixou a secretária muito feliz.
Vendo toda a cena, decidi falar com Alex e explicar que estava o observando e tivemos uma conversa que me deixou de queixo caído, pois ele falava de um jeito bem simples e seu raciocínio tinha uma coerência assustadora.
Ele me disse: - Eu sempre elogio as pessoas. Sempre faço isso com sinceridade, pois as pessoas precisam de elogios para massagear o ego e um elogio falso não vale nada. Não adianta eu chegar e falar que seu cabelo está legal, sendo que você sabe que não está. Quando eu faço um elogio, sei que provavelmente a pessoa vai querer ouvir outro elogio. Sempre que eu preciso de algo dessa pessoa, sei que ela fará bem, pois ela sabe que será elogiada novamente.
Refleti sobre essas palavras e percebi que era a mais pura verdade. Se soubermos usar o poder do elogio em nossas vidas, só conseguiremos coisas boas e com toda certeza seremos pessoas mais agradáveis para nossos colegas de trabalho, nossas famílias e amigos.
Elogie, enxergue o lado bom das pessoas, perceba o que elas fazem de melhor e desenvolva a capacidade de usar o PODER DO ELOGIO.

Fonte: Rh.com.br
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...