domingo, 31 de outubro de 2010

Um Notebook e um Professor Sacana

sábado, 30 de outubro de 2010

Síndrome da Pressa: mais uma ameaça à saúde dos profissionais

Patrícia Bispo

O estresse é um mal comum a pessoas de todas as partes do mundo, das mais variadas idades e profissões. Recentemente a Isma-Brasil (International Managente Association) confirmou que a essa realidade é muito mais preocupante do que muitos imaginam. Pesquisas realizadas pela entidade destacam que 70% dos brasileiros economicamente ativos sofrem de estresse. Inclusive, estudos científicos comprovam que 60% das doenças são determinadas pelo nível de estresse e o estilo de vida que as pessoas levam. Como efeito dominó, surge em cena a chamada Síndrome da Pressa, um mal que leva os indivíduos a realizarem tudo com mais rapidez em decorrência das exigências do mundo globalizado. Vale salientar que a classe médica alerta que esse quadro de ansiedade permanente pode transformar-se em doença e já acomete cerca de 30% dos trabalhadores brasileiros.
Para conhecer e saber como se prevenir contra a Síndrome da Pressa, o RH.com.br entrevistou Andrea Bacelar, neurologista e vice-presidente da Associação Brasileira do Sono. Segundo a médica, o tratamento mais indicado para esse mal é reduzir a velocidade do próprio corpo e administrar melhor o tempo para todas as atividades. "A Síndrome da Pressa gera demonstração de impaciência, pouco interesse do indivíduo pelo o que os outros falam, demonstração de intolerância com as pessoas que têm um ritmo mais lento", assinala. Como ninguém está livre dos efeitos estressores, essa entrevista certamente é do seu interesse. Afinal, ela pode ajudá-lo a se prevenir da Síndrome da Pressa. Aproveite a leitura!

RH.com.br - Recentemente, a Isma-Brasil (International Management Association) revelou dados sobre o estresse em brasileiros economicamente ativos. Quais foram as informações que mais despertaram a preocupação dos especialistas na área da Saúde?
Andrea Bacelar - O estresse foi uma das preocupações mais acentuadas no estudo da Isma-Brasil. O estresse até um determinado limite, é saudável e necessário para os trabalhadores em geral. Porém, o que devemos ficar atentos é quando ele passa deste limite considerado saudável, uma vez que pode desencadear uma série de doenças, a partir de alterações psico-fisiológicas. Estas alterações afetam, inclusive, o sistema imunológico.

RH - Quais os principais fatores que contribuem para essa realidade da saúde do trabalhador no Brasil?
Andrea Bacelar - Não apenas no Brasil, mas em todo mundo, observamos que as muitas pessoas querem resultados rápidos, seja em tratamentos médicos, no trabalho e, inclusive, na sua vida pessoal. Algumas pessoas sabem lidar melhor com o tempo, outras já possuem uma predisposição ao desenvolvimento do estresse. Hoje em dia, é muito difícil encontrar alguém que não tenha que cumprir horários e prazos. Somos cobrados diariamente a realizar o melhor, superar nossos próprios limites. Porém, há pessoas que se cobram demasiadamente e entram em um processo de grande estresse que acaba desencadeando doenças que precisam ser tratadas, mas nem sempre o são. As conseqüências para essas pessoas, geralmente, são desagradáveis.


RH -
Os dados apontados pela Isma-Brasil assinalam para uma nova preocupação: o surgimento da Síndrome da Pressa. Quais os principais sintomas das pessoas que são acometidas por este mal?
Andrea Bacelar - A Síndrome da Pressa é o nome pelo qual é conhecido o Padrão Comportamental tipo A. Mas vale ressaltar que ele não é uma doença. É apenas um passo para adquiri-las. Quem sofre deste mal, em geral, é uma pessoa que tem uma grande necessidade de fazer tudo e sempre de forma rápida. Essas pessoas têm bastante dificuldade em se concentrar. A impaciência, a irritabilidade e o acúmulo de atividades, por exemplo, são características importantes a serem analisadas. Os momentos para esses indivíduos de lazer são raros e, quando ocorrem, não são devidamente aproveitados.

RH - Existe um perfil predominante para quem é acometido pela Síndrome da Pressa?
Andrea Bacelar - Sim, existem algumas características que percebemos em indivíduos com padrão comportamental Tipo A como, por exemplo: um aperto de mão firme, andar acelerado, respostas abreviadas nas conversas, tendência a cortar os finais das palavras, hostilidade constante em situações que acreditam que irão perder tempo, hábito de interromper quando os outros falam e irritabilidade com falas explosivas. Estas são algumas características que traçam o perfil de pessoas acometidas pela Síndrome da Pressa.

RH - Esse mal decorrente do ritmo acelerado das pessoas pode ser considerado uma doença ocupacional?
Andrea Bacelar - A Síndrome da Pressa é decorrente das exigências do mundo moderno. As doenças ocupacionais estão relacionadas exclusivamente às questões relacionadas ao trabalho. Obviamente, as cobranças por produtividade e a eficiência nas empresas influenciam, e muito, o aparecimento da Síndrome da Pressa. Contudo, essa síndrome pode acometer até mesmo em crianças, não estando relacionada obrigatoriamente apenas a essas questões que citei.

RH - Quais as principais consequências que a Síndrome da Pressa provoca à saúde física e emocional das pessoas?
Andrea Bacelar - O indivíduo ansioso vive em posição de constante alerta físico e psíquico. O reflexo em seu corpo revela-se em dilatação das pupilas, aceleração do coração, divergência do sangue para musculatura voluntária, aumento da glicose circulante e até mesmo dilatação dos brônquios. Ser um apressado compulsivo aumenta o risco de infarto, úlceras, gastrites e pode prejudicar, consideravelmente, as relações pessoais. Este distúrbio também apresenta sintomas como, por exemplo, hipertensão, problemas cardiovasculares, dores musculares difusas e distúrbios do sono por apresentarem um estado de hiperalerta emocionais - a sensação de angústia e ansiedade -, bem como comportamentais, que se refletem no abuso do consumo de álcool, cafeínas e excitantes do sistema nervoso central.

RH -
Quais os impactos que a Síndrome da Pressa gera ao desempenho do trabalhador?
Andrea Bacelar - O ambiente de trabalho, em muitos casos, contribui decisivamente para o aparecimento da Síndrome da Pressa e é onde percebemos os grandes impactos. Alguns indivíduos tornam-se agressivos e extremamente competitivos. Eles estão sempre querendo produzir mais, porém em menos tempo. Contudo, a dificuldade em se concentrar é uma das características que pode atrapalhar o desempenho do profissional. A criatividade também poderá ser enfraquecida pela permanência repetitiva e a forma com que encaram, ou melhor, como essas pessoas querem resolver os problemas de forma imediata.

RH - A Síndrome da Pressa também afeta a vida pessoal do trabalhador?
Andrea Bacelar - Sim e bem diretamente. Uma pessoa que esteja sofrendo deste mal não consegue relaxar nem mesmo nas horas de lazer. Estão sempre tensas e com a sensação de que não há tempo a perder. Este mal não afeta apenas a vida profissional, mas também a vida pessoal. O Padrão Comportamento Tipo A faz com que as pessoas tornem-se mais repetitivas e egocêntricas. Elas têm dificuldade em deixar os outros se expressarem e impaciência ao ouvir. Por isso acredito, sim, que a Síndrome da Pressa pode afetar diretamente a vida pessoal de qualquer um.

RH - Os profissionais considerados workaholics sofrem obrigatoriamente da Síndrome da Pressa?
Andrea Bacelar - Não necessariamente. Porém, os workaholics, antes visto como ótimos funcionários para empresa, em médio prazo são os que mais apresentam algum tipo de doença, seja ela psicológica ou física. Além do mais, pela exaustão a que eles se submetem, acabam possuindo uma margem de erro maior. Não acho bom generalizar, mas acredito que muitos workaholics apresentam sintomas da Síndrome da Pressa. A dificuldade em se desligar do trabalho, mesmo em períodos de lazer ou de folga, é um destes indicadores. É bom ressaltar aqui, mais uma vez, que a síndrome não é uma doença, mas sim uma alteração no padrão comportamental e pode atingir homens e mulheres de qualquer idade, inclusive crianças.

RH - Para se livre da Síndrome da Pressa, qual o primeiro passo a ser dado?
Andrea Bacelar - O primeiro passo é o desejo de mudar. Depois disso, é necessário o acompanhamento de um psicólogo com experiência no assunto. Mas, é importante perceber que, ter pressa nem sempre deve ser encarado como um problema. A grande questão é saber manejá-la e lembrar que algumas atividades exigem calma. Existem pessoas que também precisam destas características e que, se souberem ajustar e utilizar a pressa no momento certo, não serão acometidas da síndrome.

RH - Quem sofre da Síndrome da Pressa, obrigatoriamente tem que ser afastado do trabalho para se tratar?
Andrea Bacelar - Depende do caso. Acompanhamento psicológico é importante e pode ser conciliado com o trabalho. Porém, algumas pessoas precisam sair da rotina de estresse para realizar um tratamento. Acredito que valorizar os momentos fora do trabalho, como aumentar um pouco o tempo de almoço, evitar cafeína, seja um grande passo. Outros vão necessitar de medicação.

RH - Quais as medidas profiláticas que as pessoas podem tomar para se defender da Síndrome da Pressa?
Andrea Bacelar - Diminuir a velocidade do corpo, tentando dividir melhor o tempo. Atividades físicas também são fundamentais. Existem medidas muito simples medidas para evitar a síndrome: planejar e se organizar com antecedência, definir prioridades, acordar meia hora mais cedo e sem ter necessidade em se apressar e aprender a dizer "não". As mudanças no modo e estilo de vida são fundamentais. Além de aprender a trabalhar com as emoções e com as preocupações.

RH - Em relação às organizações, que ações podem ser aplicadas para evitar que seus profissionais sejam vítimas da Síndrome da Pressa?
Andrea Bacelar - Algumas empresas já estão adotando programas de ginástica laboral, que é a prática realizada voluntariamente de atividades físicas desenvolvida pelos trabalhadores no próprio local de trabalho. Este tipo de programa tem como objetivo oferecer aos seus funcionários bem-estar físico, comportamental e mental.

Fonte: RH.com.br

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Retrospectiva High-tech da Primeira Década

Acompanhe uma retrospectiva de tudo o que aconteceu de interessante relacionado à Tecnologia na primeira década deste novo milênio (leia-se: Ano 2000 a Ano 2009).
Vale a pena relembrar alguns deles.

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Google lança GPS e busca por voz para smartphones no Brasil

Usuários de celulares Android e iPhone poderão usar aplicativos de reconhecimento de voz e instrução de rotas

Nesta quinta-feira (28), em coletiva de imprensa, a Google anunciou o lançamento de dois novos aplicativos de interação com smartphones: a Pesquisa por Voz e a Navegação de Mapas por GPS. Ambos são gratuitos e estarão disponíveis no Android Market. O Brasil é o primeiro país da América Latina a contar com esses serviços.
"O número de pessoas conectadas à internet por smartphones aumenta continuamente no Brasil, acompanhando uma tendência mundial. Para o Google isso representa uma oportunidade enorme de introduzir soluções inovadoras para plataformas móveis que melhorem ainda mais a experiência do usuário. Nós queremos oferecer um modo ainda mais natural, fácil e rápido de encontrar o que eles procuram", afirma Alexandre Hohagen, diretor geral do Google para a América Latina.
O Google Pesquisa por voz funciona para o sistema operacional Android 2.1 em diante e também para iPhone. O usuário fala a palavra ou frase que quer buscar e o aplicativo converte essa voz em texto. Automaticamente ele apresenta a primeira página do Google com o termo de busca digitado. Com ele também é possível converter unidades - Reais para Dólares, ou quilômetros para milhas, por exemplo -, procurar notícias sobre um assunto específico ou ainda encontrar bares e restaurantes perto da localização atual do usuário.
A Pesquisa por Voz também é completamente integrada à Navegação em Mapas por GPS, agora disponível no Brasil. Porém, o aplicativo roda apenas em sistema Android 1.6 em diante. O programa utiliza o GPS do celular para calcular rotas, com instruções sonoras que cobrem passo-a-passo do começo até o fim do percurso desejado, indicando o caminho a seguir. O usuário fala o destino em seu smartphone e recebe a rota de viagem detalhada. Por usar como base o Google Maps, todas as informações recebidas no celular estarão sempre atualizadas, sem a necessidade de baixar periodicamente pacotes com atualização de mapas.

 Fonte: OlharDigital

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Por favor, me diga que isso não é verdade..

Alguém espanque estas coisas (não dá pra chamar de gente estes trastes!!!) com um Dicionário!!!!!

Pelo amor de Deus!!!









De onde vieram estas, tem mais!!!! E PIORES!!!!

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Como SER a diferença?

Madalena Carvalho
 
Hoje nós vivemos em um mundo de iguais. A grande maioria tem um curso universitário, uma pós, um MBA, fala mais de uma língua etc. Então, como ser a diferença dentro de uma organização?
Vamos pensar em algumas coisas: 
1. Seja inteligente. A organização contrata iteligências! É isso mesmo, quando você é admitido, o que conta mesmo é a sua capacidade de fazer bom uso das suas inteligências . As empresas não desejam apenas profissionais de bom nível educacional, ,mas que possuam um conjunto especial de comportamentos que os façam diferentes no meio da multidão. E a somatória destas inteligências é que vai dar a esta oganização a vantagem competitiva. 
2. Pense. Contribuir com a organização para alcançar cada vez mais vantagem competitiva, significa colocar a mente para funcionar. As escolas, as empresas, a sociedade em geral não ensinam as pessoas a pensarem, a usar sua capacidade mental. Então, saia agora da zona de conforto. Pense fora do quadrado, por mais que isso possa parecer um jargão. Exercite seu pensamento crítico, questione, confronte ideias. Faça acontecer. 
3. Não seja estúpido. E cuidado, mas muito cuidado mesmo com a Estupidez Coletiva. Examine seus comportamentos, sua tomada de decisão; gerencie os custos invisíveis que são absolutamente danosos para qualquer empresa e sobre isso pense: Que custo você está gerando? Consigo capitalizar o verdadeiro potencial e poder intelectual que tenho em mãos? 
4. Adquira Conhecimento. As inteligências precisam de Conhecimento! Fique ligado 24 horas. Como? Leia, ensine, aprenda. Conhecimento não é banco de escola, nem diploma na mão. Adquirir conhecimento é aquela sede gostosa ao descobrir coisas novas o tempo todo. 
5. Descubra sua voz interior. Qual é a sua missão de vida? Para ser diferente você precisa estar na sua trajetória. Precisa saber para onde está indo e o onde quer chegar. Tente agora, escreva - qual é sua missão? A razão pela qual você levanta todos os dias com prazer. 
6. Potencialize suas competências. Seja proativo. Não espere tanto dos outros, comece a mudança por você. Então, contribua além do esperado. Por que não servir água gelada no deserto? Vejo muitas pessoas cobrando das organizações ações voltadas para o seu próprio desenvolvimento. Quando pergunto - E você? O que tem feito por você mesmo? Em geral, o silêncio é a resposta. Não se contente com o seu diploma. Faça mais por você mesmo. 
7. Tenha paixão. Apaixonar-se pelo que você faz lhe dá condiçôes de fazer tudo cada vez melhor. A paixão está inteiramente ligada ao interesse. Não foi assim que você agiu quando se apaixonou por alguém? Então, tenha interesse pelo seu trabalho, conheça sua organização, seus processos, políticas etc. Mostre que você conhece bem o que faz. 
8. Tenha foco. Escolhida a trajetória limpe o caminho. Elimine barreiras, principalmente as comportamentais, esteja preparado a cada dia. É como está escrito em A Arte da Guerra - Se você conhece o inimigo e conhece a si mesmo, não precisa temer o resultado de cem batalhas. Se você se conhece mas não conhece o inimigo, para cada vitória ganha sofrerá também uma derrota. Se você não conhece nem o inimigo nem a si mesmo, perderá todas as batalhas. Ou seja, se você conhece seus recursos, capacidades e valores, não precisa temer. 
9. Escolha bem. Alguém disse que somos livres para escolher e prisioneiro das consequencias, então, escolha a partir das suas convicções. Ouça seu coração sem desligar-se da sua razão. É o caminho do meio. 
10. Aprenda a planejar. Sem planejamento não há plano que dê certo. Nada pode ser mais dispendioso que a falta de planejamento. Não faça "planejação". Invista tempo neste quesito. 
11. Seja humano. Seja um ser humano cada vez melhor, busque a evolução - cuidado com a involução humana. Educação, cortesia, gentileza, tom de voz adequado, serenidade, respeito e outros comportamentos sempre farão a diferença. 
12. Ame. E finalmente AME, porque qualquer ação nossa sem amor não faz sentido.

Fonte: RH.com.br

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Escolas Digitais: soluções na rede pública de ensino de São Paulo

Chamadas, controle de notas e informações sobre o desempenho do estudante; soluções tecnológicas ajudam no controle e no dia-a-dia

Os alunos adoraram a novidade! Desde agosto, nesta escola da Praia Grande, litoral de São Paulo, as crianças não respondem chamada. Assim que elas chegam à sala de aula,marcam presença colocando o dedo neste leitor de impressões digitais. O sensor biométrico se encarrega dessa "chama virtual". Pronto, presença garantida!
O primeiro lugar que aproveita as informações colhidas nas salas de aula é a cozinha. Eva de Oliveira fica sabendo na hora para quantas crianças terá que preparar a merenda do dia. Pelo computador instalado na cozinha, ela recebe em tempo real o número exato de alunos que estão na escola, evitando desperdício. "Antigamente, a gente dependia das pessoas contarem os alunos. Atrasava o meu trabalho. Agora, isso é um fator de qualidade", explica a cozinheira.
O controle automatizado da Freqüência Digital também tranqüiliza os pais dos alunos. Eles recebem um e-mail diário com o horário exato da entrada e da saída do filho na escola. Em um futuro próximo, que só depende de uma parceria com as operadoras de telefonia móvel, os pais poderão ainda receber um torpedo SMS no caso de o aluno não comparecer à escola. E se pais e alunos gostaram da idéia...os professores não ficaram atrás. "Acaba ajudando o professor porque eu recebo por email, e se eu me ausentar por qualquer motivo, posso atualizar meu diário mesmo assim", explica a professora Roberta Teixeira.
600 alunos já participam do programa. Mas o projeto será ampliado; e até o final do ano deve ser expandido para outras cinco escolas da Praia Grande, contemplando 3100 crianças. E mais: até o final de 2012, a expectativa da Prefeitura é de que todas as escolas do município já participem do Freqüência Digital. Aí serão 26 mil alunos atendidos.
Em breve, o sistema também deve incluir as notas e outras informações sobre o desempenho do estudante, facilitando a vida de toda a diretoria da escola e também acabando com aquela papelada e assim contribuindo até com o Meio Ambiente. "A partir do momento que esse sistema for realmente implantado em todas as escolas e quando abolirmos o diário de classe, vai facilitar muito a nossa vida e as informações serão muito mais exatas", explica Luciana Nicolosi, diretora da escola.
Ou seja, a aprovação dos envolvidos é geral! E facilitou até mesmo o controle da distribuição do Bolsa-Família do governo, que se baseia na freqüência dos alunos para manter o benefício federal.
A tecnologia está alterando definitivamente o dia-a-dia das salas de aula. Esse exemplo chama a atenção porque trata-se de uma escola pública, que já tem recursos parecidos com os encontrados em escolas particulares. No Olhar Digital.com.br, você confere outros exemplos de como a era digital entrou de vez na vida de estudantes, pais e professores. Acesse e confira!

Fonte: OlharDigital

sábado, 23 de outubro de 2010

Pérolas do ENEM - II

Eles voltaram, e piores do que você tinha imaginado... Como prometido, aqui está a segunda leva das atrocidades escritas por estes pequenos "gênios" que habitam as carteiras do fascinante mundo do Ensino no Brasil. Esta, desta vez, foi publicada também no Caderno Vestibular de Zero Hora, no dia 22/10/2010.

“O sero mano tem uma missão…” 
(A minha, por exemplo, é ter que ler isso!) 

“O Euninho já provocou secas e enchentes calamitosas. ..” 
(Levei uns minutos para identificar o El Niño…) 

“O problema ainda é maior se tratando da camada Diozanio!” 
(Eu não sabia que a camada tinha esse nome bonito)

“A situação tende a piorar: o madereiros da Amazônia destroem a Mata Atlântica da região.” 
(E além de tudo, viajam pra caramba, hein?) 

“Não preserve apenas o meio ambiente e sim todo ele.” 
(Faz sentido) 

“O grande problema do Rio Amazonas é a pesca dos peixes” 
(Achei que fosse a pesca dos pássaros.) 

“É um problema de muita gravidez.” 
(Com certeza…se seu pai usasse camisinha, não leríamos isso!)

“A AIDS é transmitida pelo mosquito AIDES EGIPSIO.” 
(Sem comentário) 

“Já está muito de difíciu de achar os pandas na Amazônia” 
(Que pena. Também ursos e elefantes sumiram de lá) 

“A natureza brasileira tem 500 anos e já esta quase se acabando” 
(Foi trazida nas caravelas, certo ?) 
"O cerumano no mesmo tempo que constrói, também destroi, pois nos temos que nos unir para realizarmos parcerias juntos.” 
(Não conte comigo)

 Fonte: Zero Hora

Testes de Personalidade

Eu já fui o Miranda e até o Sérgio Mallandro....

Tem uma série de testezinhos que os sites disponibilizam para aqueles momentos de ócio ou falta de criatividade.

Seguem alguns links:











Aff...E sobra tempo....

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Pérolas do ENEM - I

Abaixo, vai a primeira parte de uma lista de atrocidades que os alunos do Ensino Público Brasileiro gentilmente disponibilizaram para nós, pais de alunos. Amanhã, tem mais. Esta lista foi publicada na edição de 19/10/2010 do Caderno Vestibular, do Jornal Zero Hora.

Sobre a preservação amazônica 
01) “o problema da Amazônia tem uma percussão mundial. Várias ONGs já se estalaram na floresta.” (e levaram o disco da Xuxa onde ela canta “Brincar de Índio”)
02) “A Amazônia é explorada de forma piedosa.” (…)
03) “Vamos nos unir juntos de mãos dadas para salvar o planeta.” (o mundo tem mais um Capitão Planeta?)
04) “A floresta tá ali paradinha no lugar dela e vem o homem e créu.” (velocidade 5 do créu!)
05) “Tem que destruir os destruidores por que o destruimento salva a floresta.” (pra deixar bem claro o tamanho da destruição)
06) “O grande excesso de desmatamento exagerado é a causa da devastação.” (pleonasmo é lei!)
07) “Espero que o desmatamento seja instinto.” (…)
08) “A floresta está cheia de animais já extintos. Tem que parar de desmatar para que os animais que estão extintos possam se reproduzirem e aumentarem seu número respirando um ar mais limpo.” (os animais extintos também merecem uma cerveja para comemorar quando o ar estiver limpo)
09) “A emoção de poluentes atmosféricos aquece a floresta.” (noffa)
10) “Tem empresas que contribui para a realização de árvores renováveis.” (todo mundo na vida tem que ter um filho, escrever um livro, e realizar uma árvore renovável)
11) “Animais ficam sem comida e sem dormida por causa das queimadas.” (esqueceu que também ficam sem o home theater e os DVDs da coleção do Chaves)
12) “Precisamos de oxigênio para nossa vida eterna.” (amém)
13) “Os desmatadores cortam árvores naturais da natureza.” (e as renováveis?)
14) “A principal vítima do desmatamento é a vida ecológica.” (deve ser culpa da morte ecológica)
15) “A Amazônia tem valor ambiental ilastimável.” (ignorem, por favor)
16) “Explorar sem atingir árvores sedentárias.” (peguem só as que estiverem fazendo caminhadas e flexões)
17) “Os estrangeiros já demonstraram diversas fezes enteresse pela Amazônia.” (ÃHN?)
18) “Paremos e reflitemos.” (beleza)
19) “A floresta amazônica não pode ser destruída por pessoas não autorizadas.” (onde está o Guarda Belo nessas horas?)
20) “Retirada claudestina de árvores.” (caraulio!)
21) “Temos que criar leis legais contra isso.” (bacana)
22) “A camada de ozonel.” (Chris O’Zonnell?)
23) “a Amazônia está sendo devastada por pessoas que não tem senso de humor.” (a solução é colocar a o pessoal da Zorra Total pra cortar árvores)
24) “A cada hora, muitas árvores são derrubadas por mãos poluídas, sem coração.” (…)
25) “A Amazônia está sofrendo um grande, enorme e profundíssimo desmatamento devastador, intenso e imperdoável.” (campeão da categoria “o mais enchedor de lingüiça”)
26) “Vamos gritar não à devastação e sim à reflorestação.” (NÃO!)
27) “Uma vez que se paga uma punição xis, se ganha depois vários xises.” (gênio da matemática)
28) “A natureza está cobrando uma atitude mais energética dos governantes.” (Red Bull neles – dizem as árvores)
29) “O povo amazônico está sendo usado como bote expiatório.” (ótima)
30) “O aumento da temperatura na terra está cada vez mais aumentando.” (subindo!)
31) “Na floresta amazônica tem muitos animais: passarinhos, leões, ursos, etc.” (…)
32) “Convivemos com a merchendagem e a politicagem.” (que burragem)
33) “Na cama dos deputados foram votadas muitas leis.” (imaginem as que foram votadas no banheiro deles!)
34) “Os dismatamentos é a fonte de inlegalidade e distruição da froresta amazonia.” (oh god!)
35) “O que vamos deixar para nossos antecedentes?” (dicionários)
36) “A fiscalisação tem que ser preservativa.” (lerê-lerê)
37) “Não podem explorar a Amazônia de maneira tão devassaladora.” (neologismo pra devastadora + avassaladora) 

Fonte: Zero Hora

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Fim de ano abre 6,9 mil vagas temporárias no RS

Economia aquecida leva empresas a antecipar as contratações para o fim do ano

Cáren Cecília Baldo e Gisele Loeblein

Com a demanda por trabalhadores ditada pelo ritmo de consumo, as oportunidades de emprego chegaram mais cedo neste ano: pelo menos 6.973 vagas temporárias já estão disponíveis no mercado gaúcho, em especial na Grande Porto Alegre, aponta levantamento feito por ZH e Diário Gaúcho.
O número pode aumentar e chegar a 9,65 mil postos, estima a Associação Brasileira das Empresas de Serviços Terceirizáveis e de Trabalho Temporário (Asserttem). Se a projeção se confirmar, o aumento nos trabalhos temporários no Estado será de 11% ante igual período de 2009.
— O trabalho temporário volta a patamares de antes da crise — avalia Flávio dos Santos, diretor executivo da AST Facilities e diretor de expansão regional da Asserttem.
Habituada a reforçar a equipe no Natal, a Paquetá antecipou o recrutamento. As vagas temporárias, ampliadas em 30%, já estão abertas. Em 2009, foram divulgadas em novembro.
— A gente adiantou as contratações por causa da demanda em crescimento e para treinar esses funcionários — diz Sabrina Lisboa Marques, gerente de recursos humanos das lojas Paquetá.
Entre 28% e 30% das pessoas empregadas nesse período costumam ser efetivadas, apontam a Asserttem e o Sindilojas.
— As pessoas não devem ter um pensamento temporário. Precisam de atitude permanente — ensina Ligia Nery da Silveira, vice-presidente de eventos científicos da ABRH-RS.

Fonte: Zero Hora

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Como falar bem em Público

Segue o material da Oficina de Oratória promovida no dia 19 de outubro de 2010 na Escola Cedaspy - Unidade Porto Alegre A. Espero que tenha sido proveitoso para vocês e que este material te seja útil.

Link para download

Forte abraço,

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Google Instant: visualizando pesquisas enquanto digitamos

Já pensaram em começar a digitar uma pesquisa e já visualizar o resultado, antes mesmo de terminar de escrever?
Pois é, com o Google Instant é assim, enquanto você digita, ele já faz a pesquisa e mostra resultados na tela. Anunciado na quarta-feira, (08/09), o Google Instant já funciona nos Estados Unidos e em breve alcançará a Europa. Aqui no  Brasil nossa opção será se Logar em uma conta Google para fazer a pesquisa.
Infelizmente, até o presente momento a pesquisa não pode ser testada. Ao tentar é enviado um aviso de que em breve a ferramenta estará em funcionamento, mas se possuimos uma conta  Google podemos voltar mais tarde e tentar novamente.
O Google espera economizar 11 horas de pesquisa após o serviço ser lançado no mundo todo, o que nos remete a uma economia de 2 a 5 segundos para cada pesquisa feita. Mesmo parecendo pouco, esta economia será ainda maior se utilizarmos a ferramenta para aprimoramento, quando podemos testar palavras-chave e ver onde isso nos leva em tempo real.
E você? Já conseguiu testar a nova ferramenta? Deixe seu comentário e impressões sobre esta nova tecnologia Google.

domingo, 17 de outubro de 2010

Reativação

Como é bom estar de volta! Andei por um tempo sem mexer neste blog pois acreditava não ter nenhuma serventia para ele. Percebi a poucos dias que tenho uma excelente ferramenta de interação em minhas mãos e não estava a aproveitando como merecia.
Pretendo, neste, postar coisas interessantes relacionados à empregos, estágios e tecnologia. Tudo que eu encontrar nestas minhas andanças e considerar relevante a meus alunos e amigos.
Espero que seja proveitoso a todos vocês.

Obrigado por seu acesso e volte sempre, pois todos os dias teremos coisas novas.braço.

Forte abraço.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...